domingo, junho 01, 2014

Um contributo turco para desdramatizar Portugal.

O governo turco convocou hoje 25 mil polícias, sim 25.000, e 50 canhões de água, sim, cinquenta, para controlar uma manifestação em Istambul. A Turquia é considerada um estado de direito, laico, que assenta em valores constitucionais democraticamente consagrados. Esta manifestação não foi realizada perto de qualquer dos orgãos de soberania da república Turca, nem consta que existisse a ameaça de grupos armados na multidão manifestante.
E agora digam-me, damas e cavalheiros da esquerda indignada, não é Portugal um país fantástico, meigo, tolerante, pacífico, humanista e profundamente democrático?
E, mesmo sabendo que a inclusão da Turquia no espaço da União Europeia já não está na agenda dos universalistas de Bruxelas, também tenho que perguntar: como foi possível sequer pensarem que este país, profundamente inimigo de todos os valores ocidentais, pudesse alguma vez fazer parte do clube? How fucking naive can you get?